Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

Preço do leite na indústria pode segurar alta ao produtor

O ano começou com cenário positivo em termos de preço do leite para os produtores brasileiros. A média dos preços reais, nesses dois primeiros meses de 2019, foi a maior desde 2011, sendo 19% superior aos valores de 2018. Os preços do leite no atacado e no varejo também iniciaram o ano em patamares superiores à 2018.

Outro fato positivo para os produtores é que o custo de produção, apesar de ainda elevado, está em queda desde novembro de 2018, conforme o ICPLeite/Embrapa. Nesse período, o custo caiu 2,6%. Com isso, a relação de preços leite/concentrado vem melhorando para o pecuarista.

Na balança comercial, o volume de importação foi elevado nos dois primeiros meses de 2019, ficando cerca de 64% superiores aos observados em janeiro e fevereiro de 2018. Apesar do preço valorizado do leite no mercado interno, um fator que pode ajudar a segurar o ritmo das importações é a recente valorização dos preços internacionais.

Para os próximos meses no mercado interno, a expectativa é de custo de produção mais baixo. Já para os preços do leite pagos ao produtor as sinalizações são de que as cotações já estão próximas do teto, apesar de ser um período típico de valorização com o final da safra. Os sinais de alerta para os produtores vêm do atacado e do leite spot.

Confira essa análise completa com mais detalhes na NOTA DE CONJUNTURA da Plataforma de Inteligência Intelactus em sua edição de março de 2019 que pode ser acessada no link: http://www.cileite.com.br/content/nota-conjuntura

Exibições: 58

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede de Pesquisa e Inovação em Leite para adicionar comentários!

Entrar em Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

© 2019   Criado por Embrapa Gado de Leite.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço