Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

Custo de produção do leite tem quarta alta consecutiva

Em outubro, produzir leite ficou 1,49% mais caro segundo o indicador de custo de produção ICPLeite / Embrapa. Esse aumento mensal foi o quarto consecutivo, após seguidas quedas durante todo o primeiro semestre de 2017. A alimentação do rebanho, formada pelos grupos “Produção e compra de volumosos”, “Concentrado” e “Sal mineral”, foi o principal responsável pela variação positiva do ICPLeite. Outro grupo que pesou para o aumento no custo foi “energia e combustível” que apresentou elevação de 3,27% no mês em relação a setembro.

Entretanto, esses aumentos recentes ainda não superaram as reduções do índice registradas no ano. No acumulado de 2017, o custo de produção do leite está 5,79% menor, enquanto que no acumulado dos últimos 12 meses, o custo está 6,69% inferior. Essa situação é resultado, principalmente, da queda acumulada nos preços da alimentação concentrada.

Mais detalhes sobre essas variações por períodos e por grupos, bem como a metodologia de cálculo, estão disponíveis na publicação ICPLeite / Embrapa da Plataforma de Inteligência Intelactus, em sua edição de outubro de 2017, que pode ser acessada no site: http://www.cileite.com.br/content/%C3%ADndice-de-custo-de-produ%C3%A7%C3%A3o-de-leite-4

Caso tenha interesse em mais informações atualizadas sobre o mercado do leite não deixe de acessar o site do Centro de Inteligência do Leite. Para receber e-mails informativos com as publicações recentes (newsletter) do Centro de Inteligência é só se cadastrar: http://www.cileite.com.br/user/register

Exibições: 82

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede de Pesquisa e Inovação em Leite para adicionar comentários!

Entrar em Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

© 2017   Criado por Embrapa Gado de Leite.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço