Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

O Comitê Local de Sustentabilidade da Embrapa Gado de Leite é responsável pelas ações de gestão ambiental da Unidade, utiliza a data em que se celebra o dia Mundial da Água para fazer uma alerta e também para apresentar as ações realizadas em relação ao tema de 2019.


O dia mundial da água é comemorado no dia 22 de março em todo o mundo e foi instituído pela ONU em 1992 para alertar a população sobre a importância de preservação da água. O tema adotado em 2019 é um alerta a poluição das águas por substâncias químicas. Segundo relatório da ONU divulgado em 11/03/2019, o volume de substâncias químicas produzidas, para atender as mais diversas atividades humanas, correspondem a cerca de 2,3 bilhões de toneladas, deve dobrar até 2030.


A Embrapa tem alinhado sua atuação com o compromisso de contribuir com o atendimento do país na agenda das Nações Unidas que definiram os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A gestão adequada de produtos químicos e resíduos é uma meta específica dentro do ODS 12 – “Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis”. Consumo e Produção, com responsabilidades ao longo do ciclo de vida dos produtos químicos desde os produtores até os consumidores finais, incluindo o descarte.


Neste contexto a Embrapa Gado de Leite está inserida e contribuindo para adoção de práticas mais sustentáveis em relação aos resíduos químicos gerados a partir das atividades de pesquisa. Em 2015 foi elaborado o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos que trata de toda a gestão de resíduos da Unidade, e em 2016 foi publicado o Manual de boas práticas de segurança no Gerecamp (https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/bitstream/doc/10538... ) e em 2018 o Manual de Gerenciamento de Resíduos Químicos (http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/180405/1/Doc-...). Esses documentos são resultados das práticas implementadas na rotina das atividades de pesquisa que geram resíduos químicos, sejam laboratoriais ou agropecuários. Todos esses resíduos químicos, assim como suas respectivas embalagens são segregadas, acondicionadas e destinadas de forma ambientalmente adequadas com a contratação de empresa especializada. Estruturas como Gerecamp e Gerelab são utilizadas para se fazer o efetivo gerenciamento destes resíduos.


Essas práticas possibilitam a prevenção e minimização de possíveis ameaças ao meio ambiente, principalmente no que tange à conservação dos recursos hídricos.

Exibições: 58

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede de Pesquisa e Inovação em Leite para adicionar comentários!

Entrar em Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

© 2019   Criado por Embrapa Gado de Leite.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço