Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

2019 começa com preço do leite em alta e custo em queda

O ano de 2019 começou com recuperação dos preços do leite ao produtor, após quatro quedas consecutivas no final do ano passado. Em janeiro, o preço bruto do leite fechou cotado a R$1,38, na média nacional, alta de 2,75% sobre dezembro de 2018. As cotações atuais estão 27% superiores a janeiro de 2018, quando o produtor recebeu R$1,09 por litro, em média.

Outro fato positivo foi a melhora na relação de troca entre preço do leite/preço do concentrado que fechou em 36,8 litros de leite para aquisição de uma saca de 60 kg de concentrado. Em janeiro de 2018 eram necessários mais de 40 litros de leite para compra da mesma saca de concentrado. O custo de produção de leite manteve sua trajetória de queda, a terceira consecutiva, sendo esta última de 0,56% em relação a dezembro de 2018.

No varejo, os preços dos produtos lácteos também começaram a se valorizar. Em janeiro, o preço do UHT aumentou 2,1% depois de cinco meses de quedas consecutivas. Em relação a um ano atrás, os preços de janeiro do UHT ficaram 11,5% maiores.

Na balança comercial, o ano começou com aumento das importações e redução das exportações. Destaque para o aumento nos valores importados de leite em pó (+78%) em relação a janeiro de 2018. Nas exportações, apesar do aumento nas vendas de queijos, as quedas no leite condensado e creme de leite resultaram na redução de 13% nos embarques de lácteos para o exterior.

Esses dados estão apresentados no boletim mensal de INDICADORES LEITE E DERIVADOS da Plataforma de Inteligência Intelactus na sua edição de fevereiro de 2019 que pode ser acessado no link: http://www.cileite.com.br/content/indicadores-leite-e-derivados-1

Exibições: 43

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede de Pesquisa e Inovação em Leite para adicionar comentários!

Entrar em Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

© 2019   Criado por Embrapa Gado de Leite.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço