Rede de Pesquisa e Inovação em Leite

Recursos Forrageiros e Meio Ambiente

Informação

Recursos Forrageiros e Meio Ambiente

Discutir tecnologias associadas ao manejo, produção e utilização de recursos vegetais, com vista na sustentabilidade dos sistemas de produção, além do desenvolvimento de cultivares de forrageiras de elevada produção, qualidade e tolerância.

Membros: 144
Última atividade: 8 Dez

Fórum de discussão

Silagem 2 respostas 

Boa noite a todos! Sou Zootecnista, mestrando em Forragicultura pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, e estou realizando meu experimento com Silagem de sorgo e capim. Noite…Continuar

Iniciado por Guilherme Pires Bicalho. Última resposta de NARCELIO DE MATTOS BRITO GOES 3 Jun, 2014.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Recursos Forrageiros e Meio Ambiente para adicionar comentários!

Comentário de PERSIO SANDIR DOLIVEIRA em 15 setembro 2017 às 11:33

Bom dia!


Eu tenho uma dúvida sobre as novas cultivares de forrageiras, lançadas recentemente pela Embrapa. Como estão os Sistemas de Produção e a aceitação pelos produtores rurais dos novos materiais de Brachiaria e Panicum?

Comentário de ANGELO HERBET MOREIRA ARCANJO em 29 abril 2013 às 22:23

Luis Rivaldo está em anexo um artigo que meu professor de manejo da irrigação me passou. undefined 

Comentário de Adimar Silva em 26 abril 2013 às 13:51

Prezada Leilane Oliveira Santos!

A adubação de gramíneas forrageiras, vai ser uma alternativa ou uma necessidade, dependendo de seu manejo. Vejamos, se seu gado é limitado genéticamente, sem alto potencial genético, este fator limitará a sua produtividade e gastar dinheiro com adubação sem dúvida te levará ao prejuízo. No mesmo caso, se a forrageira escolhida não te der grande capacidade de resposta, sendo também limitada, de nada adiantará a adubação. Se o seu pastejo não for rotacionado, mesmo com o terreno adubado, gado de genética superior, forrageira de grande produção por área, de nada também adiantará, pois sem o necessário descanso a forrageira não apresentará a sua melhor performance prejudicando todo o sistema. Então são vários fatores que necessitam serem atendidos, um complementado o outro a fim de se ter uma produtividade mais elevada como um todo.

Comentário de Adimar Silva em 26 abril 2013 às 13:42

Luiz Rivaldo!

Procure um técnico especializado em Bovinocultura de Leite, ele te dará toda a orientação necessária, vc já tem o gado escolhido, já tem o manejo, só falta mesmo o orientador, aquele especialista que irá te conduzir com conhecimento técnico à consecução de seu objetivo, que é tornar a sua propriedade produtiva com qualidade de vida!

Comentário de ANGELO HERBET MOREIRA ARCANJO em 9 abril 2013 às 13:21

Olá Luis Rivaldo.

Pra quem estar começando no ramo agora, é bom procurar um profissional do ramo para lhe dar uma orientação.

 Pois os gastos iniciais que você pretende realizar são autos. Implantar pastagem, comprar equipamentos e irrigação, cercas, gastos para manter uma irrigação entre outros. É um custo muito auto, além disso você tem que ter um estudo da sua fonte de água, se ela daria para sustentar a irrigação durantes a seca, e o clima de sua região, pois a maioria das gramíneas que usamos em pastejo rotacionados são de clima tropical e a grande maioria não suporta baixas temperaturas. Se esse for o caso pode usar sobre semeadura de azevém e/ou aveia, mas como tinha dito antes tem um custo auto e você tem que estudar as possibilidades.

Você pode começar com pastejo rotaciono sim, pois otimiza a pequena propriedade. Podendo usar uma gramínea fácil de achar no mercado, como as braquiárias e panicuns, e sempre realizando as correções de solo e adubações recomendadas. E no período seco ter uma reserva de forragem, podendo ser cana-de-açúcar ou silagem de milho.

Quando seu sistema cobrir os gastos iniciais e for lucrativo aí você poderá usar dessa tecnologia.

Como tinha dito no início procure um profissional da área, de preferencia pesquisadores da EMBRAPA, das universidades e Institutos federais para de dar uma orientação na implantação do seu sistema e gerenciamento dos seus gastos iniciais. 

Um abraço, e sucesso no seu projeto!!!

Att Angelo Arcanjo, Graduando em Zootecnia pelo IF sudeste MG - Campus Rio Pomba. 

Comentário de leandro berns em 12 março 2013 às 21:26

Olá Luis,

uma ótima opção é o capim pioneiro desenvolvido pela EMBRAPA GADO DE LEITE,

eu uso e aprovo,é excelente.

Comentário de Wadson Sebastião Duarte da Rocha em 11 março 2013 às 10:46

Bom dia Luis.

É sempre bom saber que há pessoas interessadas com esta atividade, que, como todas as outras, apresentam facilidades e dificuldades. Não há atividade que não tenha dificuldade.

Já que a sua vontade é utilizar a irrigação, o ideal seria implantar alguma espécie do gênero Cynodon sp, ou do genêro Panicum sp.

A escolha da espécie é influenciada por várias coisas, entre elas a localização geográfica e relevo (local onde será formada a pastagem), além claro, da carga e da produtividade animal e se será utilizada a irrigação.

Obs.: não há necessidade de irrigar o ano todo, pois, além da água a planta necessita de luz em quantidade "correta" e de temperatura ideal. Desta forma, em algumas regiões, mesmo irrigando a planta não irá se desenvolver em condições de ser pastejada e não pagará os custos da irrigação.

É importante verificar a qualidade da água a ser utilizada para a irrigação e solicitar a Agência Nacional de Águas a liberação para o uso da água para irrigação (o técnico ou projetista enviará para a agência documentação e porjeto solicitando o Termo de Outorga).

Caro Luis, considero importante você entrar em contato com um técnico extensionista, solicitando auxílio na sua atividade. Além disso, na Embrapa Gado de Leite há um e-mail que poderá utilizar para fazer perguntas (cnpgl.sac@embrapa.br). Abraços, Wadson

 

Comentário de Luis Rivago Titonelli Souza em 20 fevereiro 2013 às 15:50

Boa tarde pessoal, estou prestes a iniciar uma atividade no ramo da pecuária leiteira e gostaria que pudessem ajudar em relação a graminea a escolher. O meu gado é todo jovem, novilhas de sangue predominante Jersey e vão começar a parir em julho/agosto e minha intenção é adotar o pastejo rotacionado com irrigação o ano todo!? Alguém pode me ajudar?

Comentário de Leilane Oliveira Santos em 11 setembro 2011 às 14:48

Adubação de gramineas forrageiras, uma alternativa ? ou necessidade?

 

Membros (144)

 
 
 

© 2017   Criado por Embrapa Gado de Leite.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço